Eu sou desse tipo de pessoa que já gastou dinheiro com tudo que se pode imaginar, desde coisas absolutamente desnecessárias até a melhor de todas. A melhor de todas é justamente essa que eu quero falar, AGÊNCIAS DE VIAGEM !!!!  Foi só quando eu descobri o prazer que dava entrar em uma agência e comprar um bilhete aéreo, foi que eu descobri que a vida poderia ser bem melhor.

Que tipo de viajante eu sou?

Bem, eu sou do tipo de viajante que tiver que ser.

Minhas amigas sempre me perguntam o que é que eu levei na minha mala, justamente por eu ser mulher, gostar de moda e fazer viagens muito longas, isso para elas foi sempre um mistério. Mas a minha resposta é simples, você precisa levar o mínimo necessário.

A sua mala é um problema seu e é preciso ter em mente que ninguém vai se ocupar desse peso por você. Até mesmo em viagens luxuosas que fiz e fiquei em muitos hotéis com muitas estrelas, sempre vai existir aquele momento que você vai ter que carregar sua mala. Ou seja, se você quer se dar bem, esqueça essa história de levar metade do guarda roupa. Primeiro porque você não vai usar tudo e depois porque você vai estar em lugares onde as pessoas nem te conhecem e se elas te conhecerem vão entender que por você estar fazendo turismo, repetir um figurino é mais que elegante, é inteligente.