Nosso bilhete de ida era: Firenze-Roma, Roma Abu Dhabi, Abu Dhabi – Kathmandu. Após umas 18 horas , finalmente chegamos em Kathmandu. Emocionante!

1-Nepal - àsia 2015 314 (48)

No Nepal , o visto pode ser tirado no aeroporto. A taxa para até 15 dias de estadia é de 25 dólares. É preciso ter uma foto 3×4 e ter o passaporte válido por pelos menos 6 meses.

visa

No Nepal tudo funciona na base da barganha e você vai se deparar com isso logo na saída do aeroporto. Um monte de gente querendo te levar para o seu hotel. E os taxis, são carros muito antigos, batidos de todos os lados.O transito é absolutamente caótico, as pessoas buzinam alucinadamente e a poluição é intensa. Mas mesmo diante dessas adversidades é bastante curioso ver a maneira como eles vivem, nesse momento da chegada. Eu adoro esse choque cultural que tenho cada vez que desembarco em um lugar novo. Principalmente quando é um lugar tão diferente assim.

Nós ficamos hospedados no Thamel que é o bairro digamos, feito para turistas, onde tem um monte de lojinhas, restaurantes, padarias , pizzarias e muitos mochileiros. As ruas são cheias de tudo, cores, cheiros e gente querendo te vender de tudo, desde passeio de bicicleta-charrete até maconha.

A respeito de hotéis, eu fiquei em dois hotéis. Um chamado Trekker’s Home http://www.trekkershome.com/ no Thamel e o outro nas montanhas de Nagarkot . Então eu vou falar primeiro desse no Thamel em Kathmandú. Eu acho importante falar sobre isso, não como uma crítica ao hotel, mas como uma observação das instalações de Kathmandu. O que parecia bem razoável nas fotos, se mostrou um pouco diferente ao vivo. Por que? Um pouco por parte de falta de capricho do hotel , mas também pelo cultura deles. O que quero dizer é que, no lugar de um bidê, você vai encontrar um balde de água com uma canequinha dentro. Aliás isso é muito comum no oriente. Outra coisa interessante , é que , como a energia elétrica de lá é completamente instável, carregar o celular, usar a internet e até tomar uma ducha quente é uma questão de sorte. É bom colocar na mala uma lanterna porque a noite a luz acaba.

1-Nepal - àsia 2015 314 (43)

No hotel de Nagarkot , chamado View Point http://www.hotelviewpoint.com.np as instalações eram bem simples, mas a comida era maravilhosa e não sei se foi a vista do nosso quarto que era para os picos das montanhas do Himalaia, algo deslumbrante de tão lindo, que eu achei mais organizado e confortável. Apesar de ter tomado banho gelado com a temperatura beirando 0° .

A água do Nepal é escura e tem um gosto estranho, mesmo as que você compra em garrafinha. Não dá para beber água da torneira, é mais seguro comprá-las. Em compensação os chás são maravilhosos. O chá ” Masala tea” como eles chamam é parecido com o chai Indiano. Na verdade por todos os países que andei lá no oriente, eles bebem essa mesma mistura com uma ou outra pequena alteração e cada um chama de um nome diferente.

O prato típico do Nepal é o dal-bhat . Dal é lentilha e bhat é arroz mas vem acompanhado com várias combuquinhas de picles , iogurte e verduras com molhos picantes. Tem também os Momos que são bolinhos de origem tibetana recheados de carnes, frango e vegetais. Deliciosos!

1-Nepal - àsia 2015 314 (9)

O Nepal é um lugar muito exótico, com muita natureza ideal para esportes ao ar livre, cheio de cultura, templos medievais, budismo e paisagens de literalmente tirar o folego.

Existem muitas maneiras de explorar o Nepal, nós optamos por fazer uma viagem turística, contemplativa e um pequeno trekking que valeu muito a pena! Aliás, escrever isso aqui me deixou com muita saudade!

Vou contar tudo!

Templos e mais templos

Pashupatinath é o templo hindu mais antigo de Kathmandu, é um templo sagrado onde Shiva é adorado como Pashupati , Senhor dos seres vivos ou não vivos. Adoradores dessa divindade, e outros nepaleses escolhem serem cremados nesse “crematório” as margens do rio Bagmati. Como qualquer lugar de cerimonia fúnebre esse lugar tem essa característica pesada e triste . As cerimonias consistem em levar o féretro até a margem do rio onde tem umas escadas. Uma parte delas é reservada as famílias com maior poder aquisitivo e outras sã par pessoas comuns.Então, eles embrulham o corpo em um tecido brando, lavam os pés do defunto com as águas do rio, e então, as mulheres da família devem se retirar para que eles deem procedimento a cerimonia. O cheiro desse lugar é muito forte, pelos corpos queimados misturado com incensos e um pouco de poluição.

2-Nepal_Pashupatinath_nepal-001

1-nepal_Mingo (907)

1-nepal_Mingo (906)

1-nepal_Mingo (904)

1-nepal_Mingo (903) 1-nepal_Mingo (899) 1-nepal_Mingo (894)

1-nepal_Mingo (890) 1-nepal_Mingo (885) 1-nepal_Mingo (883) 1-nepal_Mingo (873)

Os Sadhus colocam esses pontos vermelhos entre os olhos das pessoas , chamado Tika. isso é como se fosse a benção de uma vida boa e longa em troca de alguma caridade.

1-nepal_Mingo (913)

1-nepal_Mingo (880)

Durbar Squareé local sagrado , que abriga antigos palácios reais e templos hindus em KathmanduDeclarada patrimônio da Umanidade pela Unesco.

1-Nepal - àsia 2015 314 (11)

1-Nepal - àsia 2015 314 (37)

1-nepal_Mingo (1021)

1-nepal_Mingo (1025)

1-Nepal - àsia 2015 314 (40)

1-nepal_Mingo (1006)

1-nepal_Mingo (1011)

1-nepal_Mingo (1019)

1-nepal_Mingo (1029)

Para entrar aqui você precisa comprar um ticket de entrada. Esse ticket muda de cor todos os dias para impedir que as pessoas entrem com o mesmo bilhete sem pagar. Mas se você quiser entrar mais que um dia, é possível pagando um acréscimo bem simbólico e deixando uma foto 3×4.

4-Nepal_Durbar_Square_nepal-001

Swayambhunath é cheio de estátuas de Buddha, peregrinos, macacos e muito comercio de artigos religiosos. É um templo budista e hindú, está localizado no topo de uma colina na periferia do vale de Kathmandu. Também é conhecido como Templo do Macaco. Declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

6-Nepall_Swayambhunath_Nepal-001

1-nepal_Mingo (1056)

1-nepal_Mingo (1044)

1-nepal_Mingo (1048)

1-Nepal - àsia 2015 314 (25)

1-Nepal - àsia 2015 314 (19)

1-nepal_Mingo (1039)

Patan ou Lalitpur District em outros tempos foi uma independente cidade-estado hoje é conhecida como uma cidade que reuni o cenário de templos, praças e artesanato local na periferia de Kathmandu. Foi declarada Patrimonio da Humanidade pela Unesco.

1-nepal_Mingo (991)

1-Nepal - àsia 2015 314 (60)

1-Nepal - àsia 2015 314 (68)

1-nepal_Mingo (986)

1-nepal_Mingo (969)

1-nepal_Mingo (989)  1-Nepal - àsia 2015 314 (76)

1-Nepal - àsia 2015 314 (72)
1-Nepal - àsia 2015 314 (67)

1-nepal_Mingo (955)

1-nepal_Mingo (919)

1-nepal_Mingo (939)

Bodhnath Stupa é uma comunidade e um templo Tibetano. Aqui se vê muitos monges e peregrinos do mundo inteiro girando em sentido horário nesse ritual em inglês chamado de ‘circumambulation’ . Aqui eles fazem umas velas de manteiga e acendem muito incensos e por causa disso, o cheiro desse lugar é inebriante e inesquecível. É um dos templos mais limpos e organizados. Ao redor do templo existe muito comércio de souvenires, cafés , casais que acabaram de casar posando para fotos além de um espaço onde eles rezam e também servem refeições. É muito interessante.

1-nepal_Mingo (605)

1-Nepal - àsia 2015 314 (239)

1-nepal_Mingo (595)

4-Nepal - àsia 2015 314 (251)

1-nepal_Mingo (572)            2-nepal_Mingo (554)            1-nepal_Mingo (575)

1-Nepal - àsia 2015 314 (228)

1-Nepal - àsia 2015 314 (224)

Dreams Garden é um jardim maravilhoso muito bem curado, obra do Marechal Kaiser Shamser a poucos minutos do centro de Kathmandu.

7-Nepal _Gardem-dreams_nepal-001

1-nepal_Mingo (539)

Bhaktapur 

1-Nepal_ChanguBhaktapur_nepal

1-Nepal - àsia 2015 314 (116)

1-Nepal - àsia 2015 314 (120)

1-Nepal - àsia 2015 314 (127)

1-Nepal - àsia 2015 314 (125)

 1-Nepal - àsia 2015 314 (110)         1-Nepal - àsia 2015 314 (130)

 1-nepal_Mingo (768)

1-Nepal - àsia 2015 314 (133)

1-nepal_Mingo (789) 1-nepal_Mingo (808)

1-nepal_Mingo (794)

1-nepal_Mingo (802)  1-nepal_Mingo (791)  1-nepal_Mingo (784)

1-nepal_Mingo (788)  1-nepal_Mingo (782) 1-nepal_Mingo (766)  1-nepal_Mingo (754)

Nagarkot foi o lugar que nós pernoitamos antes de fazer o trekking. O lugar fica a 32 km de Kathmandu. Com vista panorâmica para os maiores picos do Himalaia. São eles: Manaslu (8162mtr.), Sisa Pangam ( 8013mtr.), Langtang (7246 mtr.), Gaurishankar 97145mtr.) e Monte Everest ( 8848mtr.). A vila de Nagarkot está sitada entre o nascer do sol e o por do sol literalmente.

Nós chegamos até lá no entardecer acompanhados de um guia. Vimos o pôr do sol num lugar privilegiado e passamos a noite nesse hotel, que tinha um excelente cozinheiro. No dia seguinte ,fomos acordados ás 6hr da manhã para assistirmos ao nascer do sol. Naquele cenário , com aquelas montanhas , foi algo inesquecível!

2-Nepal - àsia 2015 314 (113)

1-Nepal - àsia 2015 314 (112)

1-nepal_Mingo (701)

Depois do café da manhã partimos para um trekking de 15km. Cenários incríveis, além de passarmos por várias casas das comunidades que ali estão. Vimos de tudo, desde crianças que pedem balas aos turistas, até festa de casamento. Como era um sábado deu prá ver bem como as pessoas vivem nos momentos de lazer. Saímos de Nagarkot em direção a Changu Narayam.


1-nepal_Mingo (700)

1-Nepal - àsia 2015 314 (156)

1-Nepal - àsia 2015 314 (149)     1-Nepal - àsia 2015 314 (162)

1-nepal_Mingo (686)
1-nepal_Mingo (676)

1-Nepal - àsia 2015 314 (169)

1-nepal_Mingo (629)     1-nepal_Mingo (674)

1-nepal_Mingo (669)

1-nepal_Mingo (663)  1-nepal_Mingo (660)

1-nepal_turistacarimbada 1-nepal_Mingo (654)

1-Nepal - àsia 2015 314 (181)

1-nepal_Mingo (647)

1-nepal_Mingo (645)

1-nepal_Mingo (640) 
1-Nepal - àsia 2015 314 (196) 1-Nepal - àsia 2015 314 (202)

1-Nepal - àsia 2015 314 (169)
 Changu Narayan é um templo hindu situado no cume de uma colina, localizado a 20 km a leste de Kathmandu e 7 km a norte de Bhaktapur . Cheio de estátuas belíssimas. Aqui eles fazem muito artesanato em barro.Declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco

1-Nepal - àsia 2015 314 (205)

1-Nepal - àsia 2015 314 (210)

1-Nepal - àsia 2015 314 (208)                         1-nepal_Mingo (626)

1-nepal_Mingo (622)

1-nepal_Mingo (615)

1-nepal_Mingo (620)

1-nepal_Mingo (607)

 1-Nepal - àsia 2015 314 (164)

Holy Party é a festa que comemora a chegada dos monções, período das águas) é uma festa das cores. Nesse dia se comemora a primavera , a força do bem sobre o mau, é também um momento para perdoar e confraternizar a vida. A festa acontece em toda a cidade e todos estão submetidos aos “foliões” que jogam tinta em pó misturada com água em todo mundo. É muito divertido porque você acaba sedo obrigado a rir e participar. Nesse ano estava acontecendo uma festa rave no meio dos templos , caminhão jogando água em todo mundo e uma multidão sedenta de cores. Te muitas barraquinhas vendendo essa tinta em pó, então é só escolher a cor que você quer e começar a brincadeira!

1-nepal_Mingo (918)

1-Nepal - àsia 2015 314 (94)

1-Nepal - àsia 2015 314 (102)

1-Nepal - àsia 2015 314 (88) 1-Nepal - àsia 2015 314 (104)

1-nepal_Mingo (869)

1-nepal_Mingo (868)

1-nepal_Mingo (856)

1-nepal_Mingo (845)

1-nepal_Mingo (849)  1-nepal_Mingo (841)

1-nepal_Mingo (835)

1-nepal_Mingo (832)

1-nepal_Mingo (825)

 


Obs.: Dois dias depois de eu ter postado isso, um terremoto de magnitude 7,8 deixou o Nepal destruído. Muitos templos mostrados aqui foram danejados e até destruídos. Os mortos até o presente momento já passam de 3.500 mas muita tragédia ainda está por ser descrita. Essa viagem foi feita há menos de dois meses atrás e essas lembranças ainda estão muito vivas dentro de mim. Espero do fundo do meu coração que o povo Nepalês se recupere o mais rápido possível e que, quem sabe um dia, esses pedaços de história possam ser reconstruídos.

Conheça o Nepal