O sonho de qualquer viajante sempre será pagar pouco e viajar mais. Isso é claro que nem sempre é possível, mas será que muitas vezes as pessoas não deixam passar as oportunidades que aparecem porque simplesmente não estão abertas para um modo bem humorado de encarar os revezes da vida ?

O que eu gostaria de discutir aqui é sobre como tirar vantagem quando tudo parece um desastre. Para ilustrar um pouco, vou contar como foi a ultima viajem que fiz .

Eu estava indo para Las Vegas, como eu moro em Firenze na Itália, para chegar lá, eu precisaria fazer duas escalas. No voo que eu escolhi, seria a primeira em Frankfurt e a segunda em Los Angeles.

Naquela semana o tempo aqui estava horrível e tinha muita neblina. Boa parte dos voos da manhã estavam sendo cancelados pela baixa visibilidade. Não deu outra, naquele dia o aeroporto estava fechado. O avião sequer tinha vindo para Firenze. Isso é bem comum aqui, porque o aeroporto é pequeno. Então quando acontece esse tipo de coisa, as próprias companhias aéreas encaminham os passageiros de ônibus para outro aeroporto. Geralmente Pisa ou Bologna que são os mais próximos daqui.

Lá fui eu, pegar o ônibus para Bologna. Chegamos lá com uma hora de atraso, o que ocasionou mais uma hora de espera e consequentemente, quando chegamos em Frankfurt, perdemos o avião que partia para a América.

Duas horas depois, em pé numa fila cheia de gente estressada, fui informada que deveria permanecer em Frankfurt até o dia seguinte.

Geralmente nesses casos quando a espera é longa, a companhia aérea tem a obrigação de te colocar em um hotel. Como a minha espera seria de quase 24 horas, eu pensei comigo mesma,

Vou me estressar?

Adianta alguma coisa ficar “P” da vida?

Não!

Nesse caso, seguindo as instruções, peguei o shuttle bus e fui para o hotel.Não era um cinco estrelas mas também não dava para reclamar. Jantar e café da manhã incluso, frigobar, TV e wi-fi. Diria que estava bem tranquilo para uma noite, aliás, muito melhor do que muitas roubadas que eu já enfrentei nessa vida de turista.

Algumas pessoas que estavam na mesma situação que eu, estavam revoltadas e queriam processar a companhia aérea. Sinceramente, ficar gritando no meio do aeroporto por um motivo que só São Pedro pode ser culpado, não faz sentido. Ou seria melhor ter pego o avião sem visibilidade nenhuma e dar de cara com a montanha mais próxima?

Nesse caso qual é a melhor opção? Relaxar! Aceitar que você é uma pessoa sortuda porque acabou de ganhar duas viagens em uma só!

Sabe o que eu fiz?

Fui para o hotel, tomei um belo banho, como estava na Alemanhã, tomei um bela cerveja e fui para o centro dar uma volta em Frankfurt. Afinal, quantas pessoas não pagam para estar ali e eu lá passeando de graça.

Claro, que quando você já adquiriu uma certa experiência , você se vira melhor. Mas se você não tem essa bagagem ,vou deixar aqui umas dicas.

Passo 1Respire fundo, encha-se de coragem e vá desbravar o mundo a sua frente!

Passo 2: Vá até a recepção do hotel e peça um mapa da cidade e alguns conselhos de quais locais visitar e quais os transportes que você deve pegar para chegar lá e para voltar. Informe-se também se existe alguma zona que é melhor evitar.

Passo 3: Não tenha medo de pedir informações na rua. E mesmo que você não domine a língua do lugar onde você esteja, pense como o meu marido, que sempre diz que se falar fosse importante, mudo não viajava. Ou seja, improvise, sorria, gesticule e seja sempre educado. Sempre averá uma alma caridosa para te ajudar.

Frankfurt aqui vou eu!

No final das contas, foi muito divertido, eu conheci vários lugares e meu único arrependimento é ter deixado a máquina fotográfica na mala que estava embarcada. Mas mesmo assim fiz algumas fotinhos com o celular.

 

O centro histórico fica na Römerberg

IMG_7773

 

IMG_7774

 

IMG_7788

 

IMG_7801

Essa é uma Galeria de arte muito interessante chamada Schirn Kunsthalle, fica no cantinho da praça.

IMG_7776

Estava tendo uma exposição bem interessante. Na entrada um pé gigantesco girando em cima de um  piso macio, quando as pessoas andavam em cima , dava uma sensação estranha.

Essa é a das principal rua de shopping. Se chama Zeil. Eu fiquei impressionada com a quantidade de lojas de todas as marcas de várias partes do mundo. As decorações de Natal estavam lindas.

IMG_7763

 

IMG_7802

A entrada do mercado de frutas e especialidades locais. Além de ser uma ótima pedida para um lanchinho. Tem umas banquinhas de delícias da culinária local.

IMG_7764

A Cathedral de St. Bartholomew que foi destruída na segunda guerra e que depois foi restaurada. A torre da prá ver de várias partes da cidade e além disso é possível ser visitada. Ela é mais bonita por fora do que por dentro, mas a visita vale a pena.

IMG_7781

IMG_7779

 

IMG_7783

 

IMG_7784

Essa Ponte se chama Eiserner Steg , ela atravessa o  Rio Main. Os namorados passam por ali para colocar seus cadiados . A vista é belíssima !

IMG_7793    IMG_7799

 

IMG_7797

IMG_7796

Essa é a St. Paul’s Church

IMG_7766

Aqui algumas fotinhas pelas ruas ao redor. Essas árvores peladas pelo inverno estavam lindas mesmo assim!

IMG_7769

 

IMG_7771

 

IMG_7762

 

IMG_7803

A fachada  de um restaurante que eu achei bem legal.

IMG_7775

 

Frankfurt é uma cidade muito bonita cheia de design, muito charmosa e tudo correu perfeitamente bem. Claro que se fosse prá mostrar tudo que tem por lá , precisaria de muito mais que um dia. Mas como brinde, eu acho que foi perfeito!

Por isso, ao invés de você se estressar quando teu anjo da guarda não te deixar entrar no avião, pense que foi para o seu bem e tire proveito do experiência. Porque o melhor de viajar, é poder ser surpreendido com o inesperado, coisa que o cotidiano massacrante, nos tolhe todos os dias.

No final, deu tudo certo! Eu peguei o avião na manhã seguinte e cheguei bem em Las Vegas. Foi um dia inesquecível !