Esse é um post que fala de Natal fora da época de Natal, mas é justamente uma ajuda para você que gosta de viajar, ir se programando.

Aqui na Europa eles são chamados de várias nomes diferente segundo a região. Podem ser Weinachtsmärkete, Christkindlesmarkt, Mercatino di Natale, Christmas Markets ou, a nossa maneira, Mercadinho de Natal.

É que por aqui na Europa, o Natal tem um charme diferente.  Acho que esse charme tem muito haver com o frio. Outros lugares do mundo com esse tipo de clima, a meu ver, também aproveitam mais essa época de muita comilança, compras e carinho.

Não é a toa que digo isso! Passei quase toda a minha vida no Brasil, e quando chegava essa época, a única coisa que eu pensava era em ir prá praia, e com todo aquele calor, tomar uma cerveja bem gelada. Mas desde que estou aqui na Europa, passei a dar um outro tipo de valor para o Natal. Por que disso?

Bem, vou mostrar os mercadinhos de Natal por onde andei nesses anos.Longe de querer abordar a questão filosófica e religiosa do Natal, porque meu foco é turismo.

Para quem nunca ouviu falar de mercadinho de Natal, é uma tradição alemã que começou lá atrás em 1616 em Nuremberg e vem crescendo a cada ano, se espalhando por diversas cidades europeias. São mercados ao ar livre , geralmente situados nas praças principais de cada cidade. Lá eles vendem artesanatos de todos os tipos relacionados é claro com o tema de Natal, alimentos típicos como bolos, biscoitinhos lindos que  dá até pena de comer e o tradicional vinho brulé que dá o toque e esquenta o astral dessa festa que muitas vezes vem acompanhada de muito frio e neve.

Geralmente os mercadinhos começam quatro domingos antes do Natal e fecha no dia 24 de dezembro. Alguns lugares continuam com o mercadinho até o dia 6 de janeiro, mas são minoria.

Eu ainda não tive a oportunidade de conhecer todos eles, são muitos. Mas já conheci cinco deles e espero continuar completando  esse post  infinitamente. Com calma, porque infelizmente, Natal é só uma vez por ano.

O primeiro de todos não poderia deixar de ser o Mercatino di Natale di Firenze. Que é onde eu moro e que acaba sendo o que eu frequentei por todos anos. Ele fica na Piazza Santa Croce e esse mercadinho é ainda pequeno quando se trata desse assunto. Ele também tem uma característica muito interessante, que os produtos que nele estão a venda, são de proveniências diversas. Se encontra desde produtos alemães, húngaros, polacos, cervejas artesanais diversas e outras tantas mercadorias vindas de diversas partes da Europa.

 

Foto emprestada do site www.teladoiofirenze.it
Foto emprestada do site http://www.teladoiofirenze.it

Tem também presépios e árvores de Natal espalhadas por toda parte. A mais bonita é talvez a da praça da República.

firenze Natal 2015

O Mercado de Firenze fica aberto geralmente no mês de dezembro  do dia 2 até o dia 22, quando eles fecham para começar a preparar a própria ceia.

Bem, na minha primeira viagem de Natal na Europa, eu fui conhecer o Mercado de Natal de Budapest , na Hungria.

Pela cidade toda se vê mercadinhos de Natal. Mas o principal fica na Praça Vörösmarty. O mercadinho fica aberto dia e noite. Mas esses mercados tendem a ser muito mais lindos a noite quando as luzes se acendem e acontecem  apresentações de música.

BUDAPEST - Natal
IMG_4081

IMG_4086

IMG_4100

IMG_4110

IMG_4115

 

Na minha segunda viagem de Natal aqui na Europa, fui para o Mercado de Natal de Praga na República Tcheca. Foi simplesmente mágico!  Primeiro porque Praga já é linda com ou sem Natal, e além disso, estava nevando e foi o cenário de Natal mais perfeito do mundo. O mercadinho de lá é bastante grande com muitas barraquinhas de madeira que vendem todo tipo de bolas e enfeites de Natal, bonecas lindíssimas, marionetes, cristais Bohemia.

Pragha Natal

P1030077

E as gostosuras para nos esquentar não tem fim. Vem de lá aquele famoso presunto de Praga, imagine que tem banquinhas que mantem o fogo acesso com um pernil maravilhoso girando e exalando um perfume, que só de sentir já dá água na boca.

Pragha Natal
Presunto de Pragha

Existem vários mercadinhos espalhados pela cidade, mas os mais bonitos, são o da Praça Wenceslas e o da Praça da Cidade Velha. Esse último é maravilhoso, porque tem todo o cenário da praça que é incrível, sendo um dos famosos pontos turísticos de Praga, com o relógio ” Orloj”  e a prefeitura. Uma árvore de Natal imensa dá o toque final e  além disso em Praga as pessoas são bastante receptivas, o que ajuda muito para um astral natalino muito envolvente.

Pragha Natal

P1030085

P1030088

P1030091

 

O quarto mercadinho que conheci foi o de  Viena na Áustria. Só por ser Áustria eu já descreveria como lindo e organizado. Mas imagine que foi muito mais lindo do que eu imaginava. São  25 áreas destinadas aos mercadinhos de Natal , sendo o maior deles no City Hall Square, o Christkindlmarket WIener que fica na Rathausplatz.

Christkindlmarket WIener Viena Natal
Christkindlmarket WIener

Christkindlmarket WIener Viena Natal

Tem também o mercadinho que fica na praça do Palácio de Schönbrunn, residência da Imperatriz Sissi além de muitos outros, alguns mais modestos mas todos com o charme do Natal e o calor do vinho brulé.

Palácio de Schönbrunn, Viena Natal

Palácio de Schönbrunn, Viena Natal

 

Tem canequinhas de todos os tipos para o Vinho Brulé. E se você quiser comprar ,paga o preço dela com o vinho, se só quiser o vinho, paga o preço cheio e depois que tomar o vinho, devolve a caneca e eles te dão o troco.

378 (4)

Viena Natal

Viena Natal

 

Viena foi o lugar que eu recomendaria, até o momento, o melhor de todos, no quesito Mercado de Natal. Dos que eu posso falar, claro, porque sei que tem muitos outros que eu sonho em conhecer. Mas de todos esses até agora, foi um lugar que eu achei o mais mágico. Sabe aquela fantasia que só uma Disneylândia poderia criar  na cabeça de uma criança?

Tá! Eu sei que não sou mais criança.

Mas no Natal isso está liberado, não é mesmo?

 

Dublin Christmas Markets, que surpresa!

Eu havia pesquisado muito, e em muitos sites que mostravam fotos incríveis do Natal em Dublin. Mesmo sabendo que a Irlanda não faz muita parte dessa tradição, era um bom motivo para dar um pulinho lá.

Pois foi uma grandíssima decepção! E olha que nós andamos muito atrás dos pontos indicados para o Mercado de Natal, mas tudo o que encontramos foi um mercado sem graça, sem luzes, vazio e sem nenhum atrativo. Dizia que o mercado acontecia nas Docklands, que são as docas do porto e atraia mais de 145.000 visitadores. Estávamos lá no período certo e não vimos nada disso. Apesar de que o resto da cidade estava muito iluminado de luzes de Natal e muita alegria, característica dos Dublineses, nesse quesito Dublin saiu perdendo, mas quem é que precisa de Mercadinho quando se tem um Temple Bar a disposição?

Mercado de Natal Docklands -Dublin
Mercado de Natal Docklands -Dublin

IMG_1418

Nem o vinho Brulé era tão bom assim, daí nós seguimos bebendo a Guinness no templo bar que estava mais que animado.

Fachada do Temple Bar Dublim
Fachada do Temple Bar
Temple Bar -Dublin
Uma das decorações de Natal no interno do Temple Bar. Super!

Quem tiver curiosidade de saber como foi  o resto da viagem, meu próximo post será Dublin no Natal. Porque mesmo sem Mercadinho de Natal, foi uma das melhores viagens de Natal dos últimos tempos.

 Dublin Natal

 

 

Por enquanto é só, mas eu prometo atualizar esse post tão logo for possível e vocês vão se programando porque Natal na Europa é tudo de bom!